NOVA CLASSE
ARQUEIRO
PUXANDO O ARCO QUE
ILUMINA A ESCURIDÃO
A FLECHA DE LUZ DO ARQUEIRO
QUE ATRAVESSA O CONTINENTE
EVENTO DE
RESERVA E
PRÉ-CRIAÇÃO
Participe do evento e
receba recompensas!
EVENTO DE RESERVA
Até dia 5 de Dezembro antes da manutenção
Acesse a página do evento e clique no botão
‘Reservar’ para participar do evento.
5 Ganhadores
5.000 BD Coins
10 Ganhadores
1.000 BD Coins
Recompensas de Participação
Pedra Negra
x10
Lingote de Ouro
100G
EVENTO DE FACEBOOK
Até dia 5 de Dezembro antes da manutenção
Compartilhe, curta e comente no vídeo do
Arqueiro

5 Ganhadores
5.000 BD Coins
10 Ganhadores
1.000 BD Coins
Recompensas de Participação
Arma Despertada
Suprema de Grau
Azul
Bênção de
Kamasylve
(7 Dias)
Pergaminho de
Aumento de Chance
de Obtenção de
Item x3
Lingote de Ouro
100G x2
EVENTO DE PRÉ-CRIAÇÃO
5 de Dezembro após a manutenção até 12 de Dezembro antes da manutenção
Acesse o jogo e crie um Arqueiro

Recompensas Especiais de Pré-criação
Caixa de Acessórios
de Asula
Inventario +8
Peso +50LT
Flauta de Cavalo
(7 Dias)
Conselho de Valks
(+20)
Lingote de Ouro
100G x2
Regras

Caso pré-crie vários Arqueiros,
as recompensas serão entregues somente ao 1º Arqueiro criado
(as recompensas são vinculadas ao personagem)
Expansão de Slot
de Personagem por
1 Ponto de Lealdade!
5 de Dezembro após a manutenção até
12 de Dezembro antes da manutenção
HISTÓRIA
Ano 235 do Calendário Elioniano

A Árvore Sagrada de Kamasylve está envolvida em chamas pela ambição de um Vedir, fazendo com que as filhas da Deusa virassem suas costas umas para as outras.
Um dia os Ahib decidiram abandonar Grana após conflitos internos, e nessa mesma noite invocaram um forte feitiço na base da Árvore Sagrada. Nesse dia a ligação entre Kamasylvia e os Guardiões da Raiz foi quebrada.

Os Ahib selaram a “Raiz de Kamasylve”, que levava à uma fortaleza subterrânea construída sob as raízes da Árvore Sagrada pelos Filhos da Deusa, mestres da arquearia que vivem isolados do restante do mundo. Passaram suas vidas inteiras protegendo acesso à “Raiz de Kamasylve” das ameaças dos Espíritos das Trevas. Os Filhos da Deusa se auto clamam “Rutragon”, e sua fortaleza é chamada de “Aduir”.

A energia e a voz da Deusa que podiam ser ouvida das Raízes eram suas maiores motivações e fonte de seus poderes. No entanto, um dia não conseguiram mais ouvir a voz da Deusa e pouco depois perderam todo o contato com as Filhas da Deusa. Foi um dia triste quando a Árvore Sagrada foi tomada em chamas, mas os Rutragons não tinham como saber dessa calamidade.
O Ancião que protegia Aduir desde os tempos antigos comentou que certamente havia acontecido algo com suas irmãs em Kamasylvia, e que agora, mais do que nunca, deveriam confiar nos Descendentes de Sylve e se concentrarem na defesa da fortaleza.

Depois de muitos anos vivendo em silêncio, de repente vieram milhares de Espíritos das Trevas, tantos que cobriam todo o horizonte. Centenas de Rutragons caíram diante dos Espíritos das Trevas e foram incapazes de impedir seu avanço. Quando pensaram que não havia esperança, algo inesperado aconteceu. Os ataques dos Espíritos da Escuridão criaram uma rachadura na Raiz central da Fortaleza Aduir. Da fenda emanava uma 'Luz' que alcançava o céu, diferente de tudo que já haviam visto antes, e os Espíritos das Trevas foram misteriosamente atraídos para a luz, sendo destruídos pela energia poderosa que dela emanava.

Um jovem Rutragon observou o que estava acontecendo junto de seus companheiros feridos e rapidamente pensou: “Nossa Esperança está do outro lado daquela fenda”. Ele atravessou o sangrento campo de batalha e caminhou rapidamente em direção à rachadura. No entanto, o Ancião interpôs-se entre o Jovem Rutragon e a fenda, gritando com a voz rouca como a de uma serpente.

“Ei, você! Seus irmãos estão derramando sangue pela vontade de sua Mãe, e você está simplesmente dando as costas para eles! Volte ao seu lugar e defenda nossa posição!”

O jovem Rutragon sentiu um pequeno pulso no coração que nunca sentira antes.

“Eu sou a Flecha que atravessa a noite, os olhos que iluminam a aurora, e o rugido que assinala o começo do dia.

Dediquei toda a minha vida e glória para proteger Aduir e o reino que mantém a Raiz. Nunca duvidei do meu propósito na vida e orgulhosamente cumpri meu dever ao lado dos meus irmãos. Mas o que estou fazendo neste momento? Meus companheiros estão deitados no chão e sangrando até a morte.”

Neste exato momento, uma luz que o iluminava através da fenda cobriu o corpo do Jovem Rutragon. Essa luz era a última energia da Deusa. Seu corpo, ainda no campo de batalha, aceitou completamente toda energia e o Jovem Rutragon reconheceu que já não havia mais necessidade de cumprir os seus deveres e tradições. Ele estendeu a sua mão para alcançar a luz da fenda e disse ao Ancião que não acreditava no que tinha visto.

“Abra o caminho, Ancião. O desejo da minha mãe está no outro lado desta fenda.”
HABILIDADES
Chuva de Meteoros
Habilidade que pode ser ativada em qualquer momento. Disponível em situações e para estilos de combate diversos
Asas do Julgamento
Permite o movimento rápido para qualquer direção e aplica 2 golpes. Apensar de não ser possível usar consecutivamente, essa habilidade traz uma grande vantagem contra o inimigo.
Flecha que Divide a Terra
Uma habilidade concentrada no dano com pouco alcance. Pode ser ativada rapidamente em combinação com outras habilidades.
Respiração do Espírito
Usa 1 dos 3 poderes do espírito para curar, aplicar CC ou debuff. O uso correto desta habilidade será essencial para a vitória.
Rajada
Ataca durante um rápido movimento de evasão para trás